Dom Wladimir celebra Missa Solene no Santuário aos Diáconos Permanentes

Assim como no dia 4, comemoramos o “Dia do Padre”, na festa de Cura d´Ars, São João Maria Vianey, no dia 10 de agosto a Igreja comemora o “Dia do Diácono” na festa do mártir São Lourenço patrono dos Diáconos. 

Mas quem são os Diáconos na Igreja Católica?

Trata-se do primeiro grau no Sacramento da Ordem historicamente criado no capítulo 6 dos Atos dos Apóstolos. Para o Diaconato Permanente podem ser ordenados homens casados. Na Igreja nascente havia grande necessidade de ministros para auxiliarem os apóstolos na área da caridade para atender sobretudo as viúvas de origem grega.

Assim, foram ordenados sete homens “de boa fama, repletos do Espírito e de sabedoria”. Nas palavras do papa Paulo VI:  “Com a vossa ordenação {diaconal} estais configurados a Cristo na sua função de Servo. Vós deveis também ser sinais vivos da condição de servos da sua Igreja”.

Os diáconos exercem seu ministério partilhando inúmeros serviços com os  agentes de pastoral. Todavia, por força da ordenação, eles contam com a graça sacramental, pela qual, junto com os bispos e presbíteros, são postos à parte para uma missão específica.

Aqui no Santuário Diocesano Nossa Senhora da Saúde, o dia do Diácono será comemorado com uma Missa Solene, presidida por dom Joaquim Wladimir Lopes Dias, bispo da Diocese de Colatina e concelebrada por dom Décio Sossai Zandonade, bispo emérito da Diocese e Reitor do Santuário Diocesano, às 8h30min, deste domingo, 5 de agosto.

Curta nossa página